Galos & Galinhos

Um pedaço do paraíso intocado do nordeste

Este paraíso de ar puro
Por pescadores fundados
Que lançaram suas redes
Nos tempos antepassados
Eles moravam em ranchinhos

Todos de palhas orlados
Por causa do peixe Galo


Pescado pequenininhos
Pelos mesmos pescadores

Que moravam nos ranchinhos

Deram a esta terra bendita
Este nome de Galinhos.

por Ivo Rodrigues Ribeiro
livro: Histórias da Minha Terra Galinhos

O nome do povoado de Galinhos surgiu naturalmente na boca do povo, em referência ao pequeno tamanho dos peixes-galos existentes na área. Foi por causa da abundante quantidade de peixe-galo daquela área, que um grande número de pescadores abandonou suas terras de origem, armou suas tendas na localidade e começaram a formar pequenas aldeias, tornando-se os pioneiros do povoamento.


O desenvolvimento da povoação deu-se a partir de uma produtividade econômica baseada no pescado de peixes-galos e de voadores, na facilidade em produzir salinas naturais, onde o sal é bastante farto (de onde sai 90% do sal consumido no país), e também, na cultura de algodão e sisal. (Fonte - Idema)

Galinhos está a 170 km ao norte de Natal, Estado do Rio Grande do Norte e faz parte do Polo Turístico Costa Branca, divisa com o Ceará. Dentro do Roteiro NATAL/FORTALEZA de buggies e land-rovers, é muito frequentada pelos praticantes de kitesurf e windsurf por conta dos ventos constantes na região.

Em meio às grandes dunas e montanhas de sal que deram nome à região, encontra-se uma mistura de vegetação típica de caatinga, restinga e manguezal banhados pelas águas salgadas da região. O rio Aratuá é um grande braço de mar que envolve toda a vila de Galinhos transformando-a quase em uma ilha.

Os nativos se orgulham em ter como transporte oficial as charretes, e brincam que é um dos únicos lugares do país onde mandacarus tomam banho de mar (um dos poucos lugares no país onde a caatinga atinge a costa).

O vilarejo de Galos, à 3 km de Galinhos é o local ideal para aqueles que buscam paisagens intocadas e praias desertas. O pequeno vilarejo é somente acessado por barco, ou por veículos 4x4 pela praia. Hábitos e costumes giram em torno da pesca, e quando a maré baixa, crianças da comunidade aproveitam para jogar futebol entre os barquinhos de seus familiares. Sinta-se parte da comunidade de 400 habitantes do vilarejo, uma das moradoras mais antigas de Galos.

Farol de Galinhos – Visite-o no final da tarde, de charrete, para assistir um dos mais belos pores do sol do estado.

Gastronomia regional - Regada de crustáceos frescos vindos dos próprios manguezais de Galinhos. Ostras e vôngoles são misturados aos camarões vindos das fazendas encontradas nos arredores e iguarias da cozinha nordestina como queijo-coalho e carne-seca e tapiocas complementam a experiência de sabores da região.

Artesanato – A renda labirinto é vista em colchas, caminhos de mesa e outras peças de decoração. As labirinteiras, como são chamadas as artesãs, reúnem-se em frente às suas casas para socializar e vender suas peças aos visitantes da região. Chegando em Galinhos, visite a Cooperativa das artesãs, onde encontra-se peças feitas com conchas e escamas de peixe.

Dunas do Capim – Chega-se de barco ou de veículos 4X4, e estão localizadas a 6,5 km do atracadouro do Rio Aratuá. Caminhadas e banhos de mar em um cenário paradisíaco.

Dunas de Galos – Grandes extensões de areias brancas vizinhas à Enseada do Capim. Chega-se de barco ou veículos 4X4. O cenário já foi palco das etapas do Rali dos Sertões.

Rio Pisa Sal / Ilha da Estiva – Chega-se de barco por um trajeto de 6 km, passando pelo Rio Pisa Sal, um desdobramento do Rio Aratuá. Encontra-se a incrível paisagem do mangue em meio à vegetação típica do sertão, e personalidades da região, como o “Pai do Mangue”.

Passeio de Canoa – A canoa os levará às Gamboas - pequenos becos do mangue - onde ficam concentradas as populações de ostras e muita vida aquática. Você também poderá ver as salinas e conhecer muito mais sobre a vida marinha e terrestre da região.

Ao final do passeio serão levados ao banco de areia das Dunas do Capim, para um delicioso banquete com ostras apanhadas durante o passeio, sashimi/ceviche e peixada, preparados a bordo, tudo fresquinho, tornando o passeio ainda mais especial.

Esportes Náuticos – O braço do mar localizado em frente à pousada é um lugar abrigado e excelente para a prática de Stand Up Paddle e Kite Surf. 

Ligue e faça sua reserva
+55 84 32068841
Siga-nos
  • White TripAdvisor Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon